Uma mãe cansada – Os “Terríveis 2 Anos”

Está vendo essa menina linda, toda concentrada no Show da Luna, com cachinhos dourados que parecem de anjo e um bochechão que dá vontade de ficar o dia todo mordendo?

Essa é a Olívia, minha filha, de 1 ano e 9 meses, o amor da minha vida e hoje a razão do meu viver. Eu não troco por nada e valorizo cada segundinho ao lado dela, mas confesso que estou cansada, um pouco confusa também, pois esses últimos dias não foram fáceis para mim. Principalmente nessas duas últimas semanas, essa menininha antes sempre tão boazinha, carinhosa, alegre e brincalhona do nada começou a virar a bebezinha mais enfurecida desse mundo, se jogando no chão e batendo a cabeça ao ouvir um simples “não”, atirando coisas, teimando por tudo… aquela menininha que dormia a noite toda passou a dormir pouco e a ficar horas acordada de madrugada; ela, que batia um pratão, hoje come no máximo duas colheradas de arroz por refeição (e aiiii de mim quando tento enganar com alguma carninha escondida ou um caldinho de feijão no arroz… ela cospe tudinho!)… ontem mesmo deixei ela esperneando 5 minutos sozinha no chão do banheiro antes de entrar no banho, essa foi a única saída que encontrei para ela se acalmar, pois ela não aceitava meu colo e lançava a chupeta longe quando eu oferecia. Muitas vezes me pego sem ter o que fazer a não ser deixar minha filha se jogar no chão e ficar com aquela cara de paisagem, esperando mais essa crise de birra passar. Sabe aquela birra de criança em mercado? É bem desse tipo que estou falando!

Sim, estou cansada. Cansada de não dormir direito, cansada de brigar com ela para comer, tomar banho, trocar para ir para a escola… cansada de ficar brava e depois me arrepender depois de algum grito que eu tenha dado, cansada dessa inconstância dela, que muitas vezes no minuto seguinte após a birra me abraça e me beija. Sei que próximo dos 2 anos toda criança passa por uma fase difícil, a “adolescência” ou os “terríveis 2 anos” como todos dizem, e que, como toda fase, um dia isso vai passar… mas alguém sabe me dizer quando?!

Um grande abraço,

Lilian, uma mãe cansada

Ps: terminei de escrever esse texto hoje pela manhã e na hora do almoço ela já comeu melhor! Será essa mais uma fase que atravessamos?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s